Servidores da Blitz da Saúde são agredidos durante abordagem de conscientização sobre a pandemia

Servidores municipais foram agredidos ontem (28) durante a fiscalização e orientação de cidadãos sobre o uso de máscaras em espaços públicos. Abordado educadamente por estar sem máscara, um cidadão proferiu ofensas e ameaçou a vida dos membros da equipe, dizendo que descobriria onde moram e atentaria contra a vida dos mesmos. A Polícia Militar precisou ser acionada e um Boletim de Ocorrência foi registrado. Sabendo-se dos esforços municipais para evitar que a pandemia do novo coronavírus chegue a Brumadinho, trata-se de um acontecimento muito triste e preocupante. E não é primeira vez que isso acontece, desde que o trabalho começou a ser realizado.


Trabalho da prefeitura surte efeitos positivos contra a pandemia - Como resultado de esforços precoces da Prefeitura Municipal, Brumadinho é uma das cidades em que não há casos confirmados do novo coronavírus, que já infectou quase 75 mil pessoas no Brasil até agora. Na ausência de vacina ou remédios específicos para o novo coronavírus, o distanciamento social e o cumprimento à risca das medidas de distanciamento de segurança e higiene são essenciais para evitar o contágio em massa, mortes, e a superlotação do nosso sistema de saúde.


Blitz da saúde - Os servidores da defesa civil e da saúde trabalham todos os dias se expondo aos riscos de contaminação, com o objetivo de conscientizar a população sobre a gravidade do contágio do covid-19 e sobre o decreto municipal que impõe o uso de máscaras nos espaços públicos da cidade.
Decreto municipal determina uso obrigatório de máscaras em áreas públicas - O decreto número 067, de 16 de abril de 2020, pode ser visualizado no site da Prefeitura de Brumadinho, no Diário Oficial do Município (1621) através do link: https://brumadinho.mg.gov.br/servicos/diario-oficial/#.

 

 

 

Criado: 16 Setembro 2020
Acessos: 472